25 de agosto de 2011

Morrendo para o pecado

Jesus respondeu, e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus. (João 3.3)


Servir a Deus implica em abandonar muitas coisas nessa terra, uma delas, principalmente e prioritariamente o pecado. Praticando-o, seremos rebeldes contra Deus e isso resultará em sofrimento e como consumação de tudo, a morte espiritual.

Mais Deus tem nos oferecido do seu amor, tem constantemente falado, mas quantos de nós temos ouvido a sua voz? Tantas e tantas coisas tem tirado Deus de nossas vidas. Trabalho, estudos, outras e outras atividades, tem de certa forma roubado esse tempo e essa intimidade com o Senhor. Talvez antes, tínhamos aquela paz e concentração total para passar mais tempo lendo a Bíblia, orando e assim nos deleitávamos na presença do Senhor, mas as coisas mudaram, hoje isso é enfado para nós, visto que temos uma agenda tão cheia! Não estamos perdendo só o tempo com Deus, estamos também deixando de dá atenção aos que nos cercam. Já se foi o tempo em que muitas famílias, casais, irmãos, se reuniam e conversavam, saiam para um lazer! Os casais (namorados, noivos, casados), lembram-se no tempo em que oravam juntos, liam a Bíblia? Mais talvez isso esteja só na lembrança, porque não é bem assim atualmente!

Existem coisas que ainda nos aprisionam aqui na terra? Bom! A questão é que se algo ainda nos aprisiona é porque não nascemos de novo! Porque quando Cristo morre por nós, Ele leva sobre si todas as nossas enfermidades, tudo que era contra nós (Isaías 53), mas porque ainda algumas vezes nos pegamos praticando algo errado, que é condenado pela Palavra de Deus?

Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça. (1 João 1.8, 9)

Deus nos perdoa por todos os nossos pecados, pois agora não sentimos mais prazer no erro, diferente daquele que ama o pecado e não sente nenhum peso quando o pratica. Deus é o único que nos levanta e nos põe de pé, mesmo sendo falhos e tão imperfeitos, porém Ele não entende o pecado, muito pelo contrário, Ele o abomina, mas olha para nós não com olhar de vingança e destruição, mas com amor, esperando que nos acheguemos a Ele, humilhados, reconhecendo que sem Ele nada somos e a partir dali, clamando por um tratamento de purificação das nossas vidas!


Alex Salustino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Alex Salustino

Alex Salustino
Cristão resgatado pelo precioso sangue de Cristo! Bibliotecário, blogueiro, músico, fotografo amador, graduando em marketing, proprietário da Alex Artes Gráficas. Sou o responsável por administrar o Pregando o Evangelho. Deus te abençoe!