26 de setembro de 2011

Só venha a nós e vosso reino?

Quem não gosta de receber algo?
Seja um presente, um abraço, um beijo, um carinho, uma mensagem no celular, um recado no orkut...?

Todos nós gostamos disso sim, mas nós também damos isso aos outros?
A verdade é que nem sempre meus amados e queridos irmãos!

Tenho observado em todos os momentos a nossa ingratidão primeiramente para com Deus. Vejam:


Porque o Senhor disse: Pois que este povo se aproxima de mim, e com a sua boca, e com os seus lábios me honra, mas o seu coração se afasta para longe de mim e o seu temor para comigo consiste só em mandamentos de homens, em que foi instruído; (Isaías 29.13)

Sinceramente! Que coraçãozinho ingrato não?

Muitas vezes como acordamos pela manhã? Chateados, resmungando porque temos que acordar cedo pra ir tomar café, ir a escola, faculdade, trabalho..., mas não agradecemos sequer pela permissão do Senhor acerca de tudo isso. Enquanto isso o Rei dos reis fica observando e diz: Filhos ingratos! Vocês realmente não reconhecem as minhas misericórdias sobre vocês! Isso é uma tristeza meus queridos, uma tristeza mesmo na vida!

Analisando algumas situações hoje em dia, pude perceber que nós, no geral, queremos ser sempre servidos pelos outros, mas na hora de servirmos, aí torna-se enfadonho. É tudo tão difícil, tão... e aquelas séries de desculpas sem fundamentos, apoiadas somente nas palavras.

Outra questão! Algumas coisas acontecem e de repente as pessoas tratam umas as outras como se não mais conhecessem, como se fossem totalmente estranhas. Passam a despertar comportamentos totalmente diferentes, parece até um efeito camaleão, se camufla de forma que indagamos acerca da situação.

Ah! Vale salientar também uma coisa! A questão de dizer: Pra o que precisar estarei aqui pra lhe ajudar! Meus queridos! Essa afirmação é comprometedora. Se digo que irei ajudar, que estarei pronto a servir, então certamente terei que cumprir com o que digo, do contrário, serão somente palavras. Mais e quando precisamos desse que nos afirmou está conosco para todas as horas? Aí a coisa é séria! Verdadeiramente, as costas estão viradas e o mesmo saiu de perto de nós!

Falo com total certeza acerca de relacionamentos: namoro, noivado, casamento. Se somente um se gastar para dá ao outro algo de bom, momentos marcantes e o outro só desejar receber, sem se sequer mover um dedo para retribuir, sinceramente, vai pra o lixo esse relacionamento. É uma recíproca meus queridos, funciona assim, não tem pra onde correr. E outra coisa mais: Se as tempestades vierem, as situações agonizantes, perseverarão, porque o amor é uma decisão e ele suportará os vendavais que vierem e assim um fará o outro feliz!

Com essa pequena reflexão, espero que o Senhor edifique a sua vida e que todos nós possamos parar de esperar os outros fazerem, mas sim fazer também.

Alex Salustino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Alex Salustino

Alex Salustino
Cristão resgatado pelo precioso sangue de Cristo! Bibliotecário, blogueiro, músico, fotografo amador, graduando em marketing, proprietário da Alex Artes Gráficas. Sou o responsável por administrar o Pregando o Evangelho. Deus te abençoe!