15 de outubro de 2011

O que estamos fazendo


E guarda a ordenança do SENHOR teu Deus, para andares nos seus caminhos, e para guardares os seus estatutos, e os seus mandamentos, e os seus juízos, e os seus testemunhos, como está escrito na lei de Moisés; para que prosperes em tudo quanto fizeres, e para onde quer que fores. Para que o SENHOR confirme a palavra, que falou de mim, dizendo: Se teus filhos guardarem o seu caminho, para andarem perante a minha face fielmente, com todo o seu coração e com toda a sua alma, nunca, disse, te faltará sucessor ao trono de Israel. 
(1 Reis 2.3, 4)

Essas foram recomendações do rei Davi a seu filho Salomão, antes de vir a falecer. Certamente, Davi, após toda a sua trajetória de vida, soube realmente o que era buscar a presença de Deus, como também provar as consequências da desobediência a Deus.

Sabemos que ele não é o único em toda a Palavra de Deus a recomendar acerca de como devemos proceder para com a responsabilidade de servi-lo, mas meditando nesta palavra, esses dois versículos me chamaram atenção, porque Davi exorta Salomão acerca da importância de guardar os estatutos e os mandamentos e do Senhor.

Tomando para os nossos dias atuais, esses conselhos ainda continuam sendo dados, primordialmente por Deus, mas também pelos nossos superiores (pais, líderes de igreja), mas a verdade é que poucos, mas poucos de nós, temos obedecido a essas instruções tão fundamentais para uma vida de servidão ao Reino de Cristo.

Hoje muitos de nós estamos dando crédito a outras coisas, outras práticas, outros comportamentos. Muitos de nós, ainda estamos envolvidos com este mundo, estamos com algumas velharias escondidas no guarda-roupa do coração, que precisam de uma faxina bem elaborada. Hoje os nossos compromissos e dedicação são primordialmente com o relógio, mas não para ler a Bíblia, mas para a escola, para a faculdade, para o trabalho, para a casa de ..., para o shopping, para a internet, para o seriado, para a novela, para...

A oração, aquela leitura bíblia deliciosa, que promove edificação, onde estão? Sinceramente: Entulhadas na falta de desejo da busca a santidade e a reverência ao Senhor! É tanta gente que sabe comentar acerca dos episódios de uma comédia, sabem contar filmes de trás pra frente, sabem tudo acerca dos estudos seculares, mas perguntamos e comentamos acerca da Bíblia e aí? Reposta simples: Está tão complicado ler a Bíblia, estou sem tempo, sem vontade! Peço que ore por mim! Sinceramente, esses são argumentos de uma pessoa que relega profundamente o compromisso com Deus.

Infelizmente estamos fazendo tudo ao contrário do que nos foi determinado por Deus, estamos priorizando nossos próprios anseios, nossos prazeres e nem sequer tomamos conselho de Deus, não apresentamos nossas petições a Ele, sequer o consideramos em nossas vidas e ainda dizemos: "Eu te amo ao Senhor".

E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração. 
(Jeremias 29.13)


Enquanto assim não o fizermos, infelizmente, estaremos caminhando em dificuldade e numa fé totalmente dedicada a contemplar as limitações dos olhos e que nunca vai além, porque está obscurecida pela falta de desejo da presença de Deus! Que Deus nos abençoe!


Alex Salustino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Alex Salustino

Alex Salustino
Cristão resgatado pelo precioso sangue de Cristo! Bibliotecário, blogueiro, músico, fotografo amador, graduando em marketing, proprietário da Alex Artes Gráficas. Sou o responsável por administrar o Pregando o Evangelho. Deus te abençoe!