13 de novembro de 2011

Profetadas


E SUCEDEU no mesmo ano, no princípio do reinado de Zedequias, rei de Judá, no ano quarto, no mês quinto, que Hananias, filho de Azur, o profeta que era de Gibeom, me falou na casa do SENHOR, na presença dos sacerdotes e de todo o povo, dizendo: Assim fala o SENHOR dos Exércitos, o Deus de Israel, dizendo: Eu quebrei o jugo do rei de Babilônia.  Depois de passados dois anos completos, eu tornarei a trazer a este lugar todos os utensílios da casa do SENHOR, que deste lugar tomou Nabucodonosor, rei de Babilônia, levando-os a Babilônia. Também a Jeconias, filho de Jeoiaquim, rei de Judá, e a todos os do cativeiro de Judá, que entraram em Babilônia, eu tornarei a trazer a este lugar, diz o SENHOR; porque quebrarei o jugo do rei de Babilônia.  Então falou o profeta Jeremias ao profeta Hananias, na presença dos sacerdotes, e na presença de todo o povo que estava na casa do SENHOR. Disse, pois, Jeremias, o profeta: Amém! Assim faça o SENHOR; confirme o SENHOR as tuas palavras, que profetizaste, e torne ele a trazer os utensílios da casa do SENHOR, e todos os do cativeiro de Babilônia a este lugar. (Jeremias 25.1 - 6)

Até onde vão as profecias? Quem são os verdadeiros profetas? O que é ser um profeta? Existem verdadeiros ou falsos profetas?

Esses são os questionamentos dos ímpios, mas também e principalmente, devem ser por parte de muitos de nós, cristãos. Porém é importante ressaltar que muitos tem se iludido com essa questão preocupante. Muitos crentes, tem dado ouvidos a expressões desse tipo: Eis que eu te digo que tua benção está lá na rua..., próximo ao viaduto três milhões, enfim, bagunçando totalmente com o título de cristão. Infelizmente, mesmo muitos sabendo que é assim e que a Palavra do Senhor exorta acerca dos falsos profetas, continuam caindo nessa.

Existem profetas! Homens e mulheres que oram, que se consagram na presença de Deus, que sabem o que é Bíblia, que sabem o que significa não por na boca de Deus, palavras que Ele nunca disse. Esses sim, são verdadeiros profetas e acima de tudo, Deus é quem tem que torna-los profetas e não simplesmente porque querem ser ou porque acham bonito.

Esse texto de Jeremias é algo tremendo, onde realmente um falso profeta e um profeta verdadeiro, se confrontam, para que realmente a verdade prevaleça. Jeremias afirma algo importante para o suposto profeta Hananias. 

Mas ouve agora esta palavra, que eu falo aos teus ouvidos e aos ouvidos de todo o povo: Os profetas que houve antes de mim e antes de ti, desde a antiguidade, profetizaram contra muitas terras, e contra grandes reinos, acerca de guerra, e de mal, e de peste. O profeta que profetizar de paz, quando se cumprir a palavra desse profeta, será conhecido como aquele a quem o SENHOR na verdade enviou.  (Jeremias 28.7-9)

Hananias falou o que Deus não pediu, ele estava sendo falso no que proclamava. Lembre-se sempre disso: Para que um profeta seja autêntico e verdadeiro é necessário que a palavra a qual ele profetizou, se cumpra, do contrário, ele será tido por falso. Infelizmente, muitos cristãos estão se detendo a ir aos cultos dizendo: Vou assistir um culto naquela igreja, porque é fogo mesmo e outra mais, tem um irmão da revelação, tem outro que é profeta e é benção! Para que todo esse movimento se o que Deus quer de nós é santidade? Precisamos ser santos, ler Bíblia, orar, buscar ao Senhor e não viver dessas coisas miúdas e anti-bíblicas, que estão feitas para promover uma algazarra gospel, onde muitos tem sofrido grandes fracassos espirituais por confiarem em mentirosos que tentam moldar a Palavra do Senhor as suas necessidades e objetivos.

Alex Salustino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Alex Salustino

Alex Salustino
Cristão resgatado pelo precioso sangue de Cristo! Bibliotecário, blogueiro, músico, fotografo amador, graduando em marketing, proprietário da Alex Artes Gráficas. Sou o responsável por administrar o Pregando o Evangelho. Deus te abençoe!