17 de dezembro de 2011

Sobre o louvor


LOUVAI ao SENHOR. Louvai a Deus no seu santuário; louvai-o no firmamento do seu poder. Louvai-o pelos seus atos poderosos; louvai-o conforme a excelência da sua grandeza. Louvai-o com o som de trombeta; louvai-o com o saltério e a harpa. Louvai-o com o tamborim e a dança, louvai-o com instrumentos de cordas e com órgãos. Louvai-o com os címbalos sonoros; louvai-o com címbalos altissonantes. Tudo quanto tem fôlego louve ao SENHOR. Louvai ao SENHOR. (Salmos 150)

Este é um Salmo bem conhecido, ensinando e exortando todos a louvarem ao Senhor com instrumentos de cordas, instrumentos altissonantes.

Amados! O louvor é algo extremamente importante diante de Deus. Ser levita do Senhor não é algo banal. O louvor tem papel importante dentro da igreja. Verdadeiramente é de fundamental importância que aqueles que ministram louvor na congregação, se esmerem por faze-lo, busquem a comunhão com Deus, se consagrem, revistam-se da incorruptibilidade, vivam única e exclusivamente para Deus, sem se ater aos padrões deste mundo.

Talvez muitos de nós ainda estejamos apegados a algumas coisas desta vida e elas estejam nos impedindo de realmente por a nossa voz para fora e também de tocar melhor um instrumento para o Senhor. Saiba que o pecado também atrapalha na adoração, pois como um coração estará quebrantado e contrito na presença do Senhor se estiver no erro? Já está mais que na hora de despertarmos para essa responsabilidade com a obra do Senhor.

Quem entra no louvor?

Muitos dizem que tem o desejo de participar do ministério de louvor da igreja, porém devemos entender que para a ministração do louvor não basta ter somente vontade, porque muitas vontades dão e passam e então muitos amados adentram ao ministério, mas em pouco tempo saem e aí a vontade foi somente por emoção, por desejo de brilhar como muitos cantores gospel, que infelizmente não são levitas do Senhor. Se Deus tem um propósito nessa área para você, ele irá revelar e você demonstrará frutos de que realmente se firmará nesse compromisso. Irá frequentar os ensaios com o desejo de praticar, de se aperfeiçoar, de adquirir experiência e acima de tudo, de ser participante das orações, da leitura da palavra, que é algo que infelizmente anda escasso nos ministérios de louvor das igrejas.

A despreocupação com o louvor

O louvor infelizmente não tem obtido grande importância por muitos que o ministram. Sei que existem pessoas que se comprometem e entendem que estarão ali para adorar a Deus, para louvarem em gratidão por todos os seus benefícios, mas também pelas dificuldades, este é o papel de um adorador. Mais muitos de nós infelizmente estão louvando por glória, querem ser aplaudidos, percebidos pelas multidões, ao invés de submeter-se a autoridade de Deus, desejam ser as estrelas gospel. Serei bem sincero: Muitos dos que estão subindo nos palcos para ministrarem louvores arrebatando plateias em todas as partes, estão falando somente de bençãos em seus louvores, somente de milagres, mas nada de entronizar a Deus nas canções, nada de compromisso, nada de fim dos tempos e nem tampouco de exortação a igreja. Isso parece nem preocupar tanto o povo de Deus.

Nem todas as formas de louvor agradam a Deus

Outra coisa: Muitos vem com argumentos bem tristes e dizem assim: Deus se agrada de tudo, de toda forma de expressão e de louvor. Recentemente vi o pregador Paul Washer comentar que muitos estão pondo as coisas do mundo dentro da igreja, pretextando com isso atrair pessoas. Hoje são uma série de estilos que tem atraído muitas e muitas vidas, mas não é a Palavra de Deus que tem atraído. Então eu pergunto: Precisamos atrair pessoas por estilos ou precisamos viver a santidade e se preocupar acima de tudo em pregar a palavra de Deus autenticamente, em sermos cumpridores dos mandamentos do evangelho vivo? Não concordo com a ideia desenvolvida por movimentos que só se preocupam em tratar pessoas como números, entopem as igrejas, mas na verdade, na hora da alimentação espiritual só disseminam o famoso oba! oba!

Muitas canções tocadas no meio gospel são verdadeiras catástrofes. A partir do momento que Deus não está entronizado, reinando sobre a minha vida, eu passo a ser o comandante da minha história, logo, estou totalmente distante do Senhor, como poderei lhe prestar gratidão?

Capacitar-se é necessário para ministrar louvor

Muitas pessoas também não compreendem que nem sempre tem um boa voz e também não desempenham de forma correta a execução de acordes nos instrumentos e por insistência querem de todas as maneiras tocar e cantar. Quando pedimos a elas que pratiquem, somos confrontados com os argumentos de que acima de tudo vem a adoração. Concordo, primeiramente a busca ao Senhor, mas não se deve descartar a prática, o aperfeiçoamento, tenho certeza de que se você está na presença de Deus, não é uma capacitação ou uma ida a escola de música que te fará se transformar em um deus. Que o Senhor vos abençoe.

Alex Salustino

4 comentários:

Alex Salustino

Alex Salustino
Cristão resgatado pelo precioso sangue de Cristo! Bibliotecário, blogueiro, músico, fotografo amador, graduando em marketing, proprietário da Alex Artes Gráficas. Sou o responsável por administrar o Pregando o Evangelho. Deus te abençoe!