22 de janeiro de 2012

Sede santos


Portanto, cingindo os lombos do vosso entendimento, sede sóbrios, e esperai inteiramente na graça que se vos ofereceu na revelação de Jesus Cristo; Como filhos obedientes, não vos conformando com as concupiscências que antes havia em vossa ignorância; Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver; Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo. 
(1 Pedro 1.13-16)

Falar de santidade parece não ganhar tanta influência e apoio no meio das pessoas e isso não é novidade, visto que os que não conhecem Jesus, não se importam tanto com este assunto, pois ainda não desfrutam da graça do soberano, mas em si tratando do povo de Deus, isso é de se estranhar e merece total atenção. Ser santo é ser separado, isso nós temos ouvido constantemente o pastor pregando no púlpito da igreja, porém se entra por um ouvido e sai pelo outro, não edifica a nossa vida em nada. Não fará diferença se somente nos sentarmos nas cadeiras da igreja e ouvirmos um maravilhoso sermão sendo pregado, uma palavra de exortação muito digna de ser contemplada, mas se a mesma não criar raízes em nossos corações tudo será em vão.

Em alguns momentos muitos chegam a culpar quem ministra a palavra, mas se esquece de praticar. Não adianta lermos toda a bíblia, versículos, capítulos, bons livros evangélicos, artigos, assistirmos videos se não tivermos o interesse de que tudo aquilo deve ser vivido a risca, dedicadamente todos os dias por nós mesmos. Não podemos ser conformados com o estilo de pregações light, que não abordam o pecado, que não apresentam a dura realidade do que é o homem se não tiver a presença de Deus em sua vida, o quão catastrófico é o seu caminho e onde ele irá parar se não dedicar-se ao arrependimento. É bem certo que a nossa pouca ou talvez nenhuma dedicação de passar ao menos alguns minutos orando, lendo a bíblia sejam as responsáveis pela não dedicação a conservar-mo-nos em santidade total a Deus.

Muitos chegam a se apropriar-se do que diz o mundo: Não precisa levar tudo ao pé da letra ou aquela velha expressão: Você quer ser santo demais. Esse é um erro drástico e é praticado pelo mundo, mas o servo de Deus anda com um pé no mundo e ao mesmo tempo bebe da sua fonte? Vemos hoje uma série de métodos e entretenimentos para atrair pessoas para a casa de Deus, mas o seu santuário, torna-se profanado, porque acaba sendo ambiente de algazarras, de bagunça total, onde todo o evangelho parece perder sentido. Formas de louvor, estilos de danças, maneira de se vestir, palavras e comportamentos, tudo isso também é importante na hora de temermos a Deus e nos santificarmos. Como louvar a Deus, chorar na igreja, mas a mesma boca que o louva, chama palavrões? Como proclamar para todos que somos crentes, mas na internet, as imagens, as conversas, são sempre torpes, sem nenhum proveito, onde as pessoas não sabem diferenciar quem é servo de Deus e quem é do mundo?

Se você não chora quanto a tudo isso que aqui está escrito, se você não sente nenhum aperto em seu peito por conta da maneira que é vista a santidade ao Senhor, se você não se incomoda com a sua forma de viver a santidade, sinta-se profundamente triste, pois Deus quer para si verdadeiros adorares que o adorem em espírito e em verdade, que honrem o seu chamado, que compreendam a responsabilidade que isso representa, que atentem para o sangue precioso que foi derramado e que os libertou da inclinação para o pecado.

Se pecar, não dê as mãos ao pecado, não o alimente, não o adote como sendo um bicho de estimação, mas imediatamente busque desfazer as malas de tudo quanto é sujo e que te levaria para uma viagem talvez sem volta onde resultaria no seu triste fim. Mais saiba que Deus quer de você um coração integro que se volte a obedece-lo em todo tempo.

Todos nós fomos resgatados por meio do sangue de Cristo, portanto devemos honrar ao nosso Deus em toda a nossa maneira de viver. (1 Pedro 1.18-21)

Alex Salustino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Alex Salustino

Alex Salustino
Cristão resgatado pelo precioso sangue de Cristo! Bibliotecário, blogueiro, músico, fotografo amador, graduando em marketing, proprietário da Alex Artes Gráficas. Sou o responsável por administrar o Pregando o Evangelho. Deus te abençoe!