15 de fevereiro de 2012

Após os açoites, eles louvaram a Deus


No capítulo 16 do livro de Atos dos Apóstolos, Paulo e Silas estão em missão, indo por várias cidades anunciando o evangelho do Senhor, porém em algumas, o Espírito Santo não lhes permitia anunciar o evangelho, visto que Deus os queria destinar para outras localidades. (Versículos 6, 7)

Paulo teve uma visão que lhe mostrava um homem que o chamava a Macedônia. (Versículo 9) E logo, juntamente com Silas seguiram adiante, partindo em direção a região da Macedônia para pregar a palavra de Deus. Paulo vendo uma certa jovem que possuía um espírito de adivinhação que gerava lucros para seus senhores, repreendeu-o para que saísse dela e no mesmo instante deste ocorrido, os senhores daquela jovem ficaram indignados e então resolveram prender Paulo e Silas. (Versículos 16-19)

Logo em seguida a ocorrência desse fato, os homens os expuseram em praça pública aos magistrados, acusando-os de perturbação e exporem costumes que não convinham a eles e então toda a multidão foi contra eles e então os magistrados mandaram que fossem açoitados e após o momento dos açoites, foram lançados na prisão. (Versículos 20-24)

Será bom se refletirmos um pouco mais acerca do versículo 25 desse texto que diz: E, perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam. Compreendem a questão? Eles oravam e cantavam hinos a Deus num momento doloroso, ou será que é fácil ficar preso na cadeia após receber açoites? Podemos tirar lições profundas com esse texto do livro de Atos. Acerca das perseguições, todos nós que somos chamados pelo Senhor, devemos entender essa possibilidade. Não estamos nesse mundo para desfrutar do luxo, do conforto, do não sentir dor, não, evangelho não é isso, mas é sim padecer aflições por amor ao nosso Senhor Jesus! Devemos entender que mesmo em meio as lutas, não estamos sós, precisamos entender o que significa perseverar, o que significa a fé verdadeira, a paciência e a dependência verdadeira daquele que pode nos ajudar em tempos difíceis. Mais adiante, após a oração e o louvor desses homens, acontece algo tremendo naquela prisão.

E de repente sobreveio um tão grande terremoto, que os alicerces do cárcere se moveram, e logo se abriram todas as portas, e foram soltas as prisões de todos. (Versículo 26) 

Quão maravilhoso e tremendo é o poder do Senhor ou devemos duvidar que Ele não estava atento as vozes dos seus servos enquanto oravam e louvavam? Após tal acontecimento, houve a oportunidade que Paulo e Silas proclamassem o evangelho do Senhor aquele carcereiro, sabendo que antes da pregação, o homem ficara com o desejo de se suicidar, imaginando que todos os presos haviam fugido. (Versículos 27-34)

Qual é a prisão na qual você está, que Deus não possa te tirar dela? Nada é impossível para o Deus, porém devemos louvar e continuar em oração, mesmo que tudo esteja parecendo não coincidir com as nossas expectativas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Alex Salustino

Alex Salustino
Cristão resgatado pelo precioso sangue de Cristo! Bibliotecário, blogueiro, músico, fotografo amador, graduando em marketing, proprietário da Alex Artes Gráficas. Sou o responsável por administrar o Pregando o Evangelho. Deus te abençoe!