12 de fevereiro de 2012

Carnaval: A festinha que o diabo gosta

Eis aí a festinha que o diabo gosta! Mais só o diabo? Claro que não, mas principalmente os foliões! É uma folia mesmo, ou melhor, uma orgia mesmo. As pessoas se aprontam, se maquiam, os homens se vestem de mulher para demonstrar determinada alegria e se esbaldam na cachaça, nas danças sensuais e na pegação de menininhas.

Há quem defenda tal festa, claro, os que estão participando. Todos os anos é a mesma coisa: O ritual começa, as pessoas abrem a porta de suas casas para ver o trio elétrico passar, com atrações que pense... não serve nem como despertador, dotada de um batuque chato e que incomoda bastante. Eis ali pessoas que vão até altas horas da madrugada nos eventos, se embriagando, se acabando, mas não somente nos vícios e nas orgias, mas estão desligadas, principalmente, de Deus.

Nessa época muitas igrejas estão promovendo retiros, um momento de distanciamento do período de carnaval, conturbado pelas festividades seculares. O foco principal deste evento deve está centrado na palavra de Deus, que o objetivo seja o de abençoar outras vidas, as quais talvez estivessem no carnaval, pulando e bagunçando.

Mais quantos não estão sendo convidados para um retiro? Talvez muitos! Mais o que é mais preferível para o mundo? Está na luz ou nas trevas? É claro que o mundo, que anda em conformidade com o maligno, irá preferir andar no que é torpe e enganoso, enganando-se a si mesmo e cavando a sua própria cova. Muitos chegam a dizer que é uma festa ligada a cultura e aí de quem fale do carnaval! Mais aí é o seguinte: Pode ser cultura, tradição ou o que for, diante da palavra de Deus não há isso. Deus não concorda com os atos profanos de ninguém. 

Não erreis, meus amados irmãos. Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação. Tiago 1.16, 17

Você que acha que Deus está no meio da bagunça, do frevo, dos desfiles das escolas de samba, onde acontece a exposição dos corpos das mulheres, que ficam praticamente nuas e muito mais? Um Deus Santo não se corrompe com as coisas do mundo, porque Ele é Rei e Deus e vive e reina para todo o sempre e se ira todos os dias quanto a fedentina causada pela malignidade dos corações humanos. Os deuses criados pelos homens podem está se esbaldando das delícias carnais, mas O SENHOR dos Exércitos, nunca!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Alex Salustino

Alex Salustino
Cristão resgatado pelo precioso sangue de Cristo! Bibliotecário, blogueiro, músico, fotografo amador, graduando em marketing, proprietário da Alex Artes Gráficas. Sou o responsável por administrar o Pregando o Evangelho. Deus te abençoe!