4 de fevereiro de 2012

E as oportunidades de anunciar o evangelho?


CONJURO-TE, pois, diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu reino, Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina. 2 Timóteo 4.1, 2

O anuncio do evangelho da nossa parte não pode tardar, pois está mais que na hora de primeiramente vivermos dele e testemunhar dele aos ouvidos daqueles que estão apegadas ao presente século. Pregar a palavra de Deus é dever de todos que são chamados por ele. Somos constantemente exortados a pregar a palavra de Deus, mesmo em meio as dificuldades, mesmo que os que nos rodeiam ofereçam resistência, escarnecendo de nós, nos criticando, lançando diante da nossa face expressões que desagradam e que chegam a provocar a ira, mas é fundamental que se prevaleça o amor pelas almas e que cumpramos a missão a nós designada.

É essencial viver do evangelho

Se eu não vivo do evangelho, como poderei testemunhar do Cristo fez e continua fazendo em minha vida? Como poderei me achegar até os pecadores sem o conhecimento da palavra de Deus, sem ser um crente voltado a oração constantemente e também que busca o conhecimento, não o humano que é vão e enganoso, mas o que vem do céu, trazido pelo Espírito Santo. Talvez muitos que pregam a palavra de Deus ou porque não dizer muitos, pensam que anunciar a palavra de Deus pode ser feito de qualquer forma, de maneira relaxada, sem comunhão com Deus por meio de um tempo a sós com ele em compreensão da sua palavra em conversa com ele por meio de súplicas.

Acredito que podemos e devemos começar o anúncio da palavra de Deus por meio do nosso testemunho, pois ele também poderá dizer quem somos, embora não seja o suficiente. Muitas vezes nosso exterior pode demonstrar uma beleza difícil de ser contestada, mas o interior... uma podridão. Precisamos nos esvaziar de tudo que desagrada a Deus, de toda a sujeira e arrogância, de todo o ego que só prejudica-nos.

Como se anuncia o evangelho nos dias atuais

É triste dizer e talvez alguns não concordem, mas o evangelho não está pregado coerentemente com o que Deus quer que façamos. As pessoas preferem seus olhos fechados a enxergar essa realidade. É gente atraindo pessoas simplesmente por meio de misticismo, enganando-as, expondo objetos que dizem ser consagrados para atrair fiéis somente nos dízimos e ofertas e com isso o povo vai sendo ludibriado, crendo que só por conta do óleo no frasco, da rosa ungida, da arca, da meia ungida e de muitas outras coisas, conhecerá o caminho da eternidades. O movimento corre a solta em muitas igrejas, são pessoas que se detém a uns costumes estranhos. O D. Martyn Lloyd-Jones em seu livro chamado Santificados mediante a verdade disse que as igrejas estão preocupadas em formas de atrair as pessoas, para que elas conheçam a Cristo, porém disse que Jesus está preocupado com a sua santificação. Entendo que há uma necessidade de realizar programações que mantenham os irmãos dentro da igreja, cultos e outras atividades, mas não os mais importantes. Não adianta nada uma igreja fazer uns eventos, cheios de dança, de louvor, de cospe fogo (pirofagia) e isso e aquilo outro se Cristo não for o centro, se verdade não estiver sendo pregada, se vidas não forem tocadas pela mensagem que mostra a realidade de quão miserável é o homem sem a presença do Altíssimo. O mundo está adentrando a igreja e assim fica bem difícil de anunciar o evangelho do Senhor, porque as pessoas não diferenciam os crentes dos mundanos. Paul Washer falar acerca dos meios carnais que adentram a igreja, bem como David Wilkerson e outros. Charles Spurgeon disse certa vez: Culto ou show? O pregador é a estrela e a platéia são os irmãos!

Oportunidades de pregar o evangelho

Com toda a sinceridade, de uma forma geral, somos bem omissos no anúncio do evangelho. Eu não diria jamais que anuncio o evangelho como o deveria. Preferimos mais uma social entre irmãos do que a evangelização, preferimos mais um dia inteiro passeando e fazendo compras do que a evangelização, mais as redes sociais postando futilidades do que o anúncio do evangelho. Aos que não tem pais crentes, esse não é um campo para anunciar a palavra? Aproveita a oportunidade crente! Prega para os teus pais, se aproxima deles para mostrar a Bíblia, não folheando ela, não mostrando a beleza do livro, mas o conteúdo, o que ela representa para as almas que se deixam ser transformadas por meio dela. Vizinhos, colegas de escola, universidade, trabalho, pessoas com quem você se relaciona e das estamos bem próximos, devemos aproveitar oportunidades para lhes anunciar a mensagem de Cristo.

Você está lá no msn, está nos bate papos das redes sociais, o que custa chegar a um amigo seu e começar a saber como vai a sua vida, o que ele tem passado e daí então, certamente ele poderá começar a encontrar em você alguém que se preocupa com ele, então será uma porta de entrada para que você comece a ministrar a palavra. Não deixe que as ofertas do mundo venham a te seduzir, pois na atualidade está sendo quase que meio comum para muitos crentes, ao invés de serem o sal da terra, estarem se ajuntando ao rol da mesa das orgias.

Um pequeno testemunho particular


Existem momentos em que na minha residência, na minha vizinha e na internet, tenho tido a oportunidade de falar do amor de Deus. Muitas vezes nem espero que aconteça, mas de repente, sinto-me tocado pelo Senhor a falar da sua palavra e para a glória de Deus, vejo as pessoas ouvirem e dizerem: Tais palavras me serviram muito, me sinto até melhor!


Nesta semana, Deus me concedeu uma oportunidade maravilhosa, com a qual fiquei muito feliz! Eu precisava de folhas A4 para realizar um trabalho e me faltaram essas folhas, precisei de mais, então peguei minha bicicleta e fui até o local mais próximo para compra-las e esse local onde fui é uma mercearia, onde também se vende bebidas alcoólicas e onde muitos vão tomar suas doses. Logo que cheguei encontrei um homem que já conheço a um tempo, ele estava bebendo junto a outro homem que estava ao seu lado. Perguntei como estavam as coisas e ele começou a falar que estava indo tudo bem, mas que estava fazendo o errado, isso começou a me chamar atenção e logo em seguida o outro passou a concordar com ele, afirmando que sabiam que o que estava fazendo era errado e que Cristo não aprova tais práticas, daí então comecei a expor a palavra de Deus, procurando o máximo mostrar com verdade o que Jesus faz na vida das pessoas e que não simplesmente elas que querem se achegar a ele, mas ele mesmo é quem as chama. Ainda conversando, eis que surge um outro rapaz, que eu nem sabia quem era e percebi que ele estava atentando para o que eu estava dizendo e logo ele disse: Eu gosto de ouvir essas mensagens e continue a falar-lhes o consolo e os livramentos que Deus opera sobre nós e de repente esse outro rapaz, que se achegou a nós por último, começou a dizer que Deus não o tinha desamparado, pois ele crê que ele fez provisões gloriosas em sua vida em certo período em que ele precisou. 


Naquele momento, pegando a minha bicicleta a retornando para casa, meu coração se encheu de alegria e eu disse: Senhor! Eu não esperava tal oportunidade, não sabia o propósito de ter ido aquele lugar, mas louvo o teu nome porque me usaste para anunciar a tua palavra! Com isso, termino esta postagem, exortando aos amados a quem vivam do evangelho e que tenha amor dentro de si pelas almas que ainda se encontram perdidas nesse mundo caótico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Alex Salustino

Alex Salustino
Cristão resgatado pelo precioso sangue de Cristo! Bibliotecário, blogueiro, músico, fotografo amador, graduando em marketing, proprietário da Alex Artes Gráficas. Sou o responsável por administrar o Pregando o Evangelho. Deus te abençoe!