1 de abril de 2012

Mídia sensacionalista


Sensacionalismo é geralmente o nome dado a um tipo de postura editorial adotada regular ou esporadicamente por determinados meios de comunicação, que se caracteriza pelo uso exagerado de determinadas expressões não exatamente usadas por meio de quem vieram a ocorrer os fatos, ou por argumentos pessoais dos âncoras (apresentadores) enraizados em expressões pessoais, chulas e até mesmo, preconceituosas. Não tendo qualquer ligação com a realidade. O sensacionalismo além de caracterizado pelo apelo emotivo e pelo uso de imagens chocantes na cobertura de um fato também se caracteriza pela capacidade de induzir o telespectador prender-se a fatos em sua maioria distorcidos trazendo para si uma realidade irreal e alterada do cotidiano do dia-a-dia.
Exagero de tal fato exibido com muitas cenas emotivas e de certa forma generalizando o tema exibido. Ultimamente usa-se esse recurso para ganhar audiência, pois choca a mente dos espectadores. Esta prática não é um fenômeno isolado, ou seja, faz parte de um processo histórico e cultural, sendo influenciado por matrizes como a pornografia, o melodrama, o folhetim, o romance gótico, a literatura de horror, a literatura fantástica e o romance policial.
A mídia sensacionalista expõe programas e jornais em que divulgam-se a violência, revelam-se bandidos e o erro dos outros em troca de audiência. Sem sequer levar em consideração o impacto cultural causado na sociedade e de forma banal pois muitas vezes se tratam de fatos distorcidos ou de difícil solução. (Wikipédia)

Sobre a mídia sensacionalista
Tudo isso é muito triste! Sabe qual o valor que estamos dando as vidas que nos cercam? Precisamos dizer o que já sabemos? Claro que não precisamos, pois sabemos que não damos valor algum. Tanto faz morrer um como cem, não é conosco, não são nossos familiares, não é verdade? E essa mídia que fica extremamente chateada quando é tida como sensacionalista? O que você acha, de repente estando na hora de sua refeição juntamente com seus familiares e de repente, os programas exibindo cenas chocantes de assassinatos, acidentes, uma carnificina pura. 

Mais isso não é a única coisa. Logo em seguida a esses fatos, os apresentadores estão anunciando produtos, divulgando festinhas, mandando abraço para fulano e companhia e aquela cena do morto já é passado, não interessa mais. Promovem umas caravanas, prometendo a confecção de documentos na hora, atendimento disso e daquilo, exibem cenas de morte no telão e o povo todo sorrindo, mas principalmente esperando que a banda forró das coisas toque pra animar-los. Seja a nível de Brasil e principalmente Paraíba, os tele jornais são uma tristeza!


Referências
Disponível em <http://pt.wikipedia.org/wiki/Sensacionalismo> Acesso em 01/04/2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Alex Salustino

Alex Salustino
Cristão resgatado pelo precioso sangue de Cristo! Bibliotecário, blogueiro, músico, fotografo amador, graduando em marketing, proprietário da Alex Artes Gráficas. Sou o responsável por administrar o Pregando o Evangelho. Deus te abençoe!