20 de junho de 2012

A certeza da consolação


Texto base: João capítulo 14

São tantos temores que nos cercam, tantas preocupações! Tantas surpresas desagradáveis, tanto choro, tanta aflição! Senhor! Tanta, mas tanta coisa que parece que tudo vai desmoronar! E nos angustiamos e corremos para um lado e para o outro, mas nada parece acontecer! As portas parecem estar fechadas! Socorro! Socorro! Salve-me desta situação!

Já inicio esta postagem lhe perguntando se você acredita que realmente pode viver livre de preocupações na face desta terra? E já vou lhe respondendo: Claro que não! Afinal, leitor, você está na terra, lugar este que não caminha tão bem desde muito tempo, visto que a assolação por parte do iníquo (o diabo) é real, mas não falaremos somente do diabo e sim da pecaminosidade de todo ser humano, que é enorme.

Já parou pra refletir o quanto você reclama da vida? O quanto você tem se angustiado? O quanto de situações adversas tiram a tua tranquilidade (se você a tem)? Não é fácil se manter em posição perseverante quando o assunto é agitação em meio a tempestade, ou se preferir: não é nada fácil manter-se de pé no momento da dor!

Avaliemos! Analisemos! Façamos uma reflexão profunda acerca de nós mesmos! Sim! Avalie-se! Você diz que ama a Deus, correto? Talvez você diga sempre que Ele é o Deus da sua vida, da sua salvação, não sei, talvez até mesmo por um impulso, porque ouviu um hino muito lindo que dizia isso e por esse motivo você também se deixou levar pela emoção e fez essa declaração, mas veja! Quando chegou o momento da dificuldade, aquele louvor passou a perder sentido em sua vida, ou melhor, a frase ficou no esquecimento, pois mediante o aperto, a murmuração, o descrédito acerca da fé em Deus passou a afluir na vossa vida e então, o que antes era certeza de que Ele era o Deus da sua salvação, seu amado, seu... agora, quem é Ele mesmo?

Falando aos seus discípulos, Jesus disse: Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. (João 14.1)

Pense agora! Jesus em sua frente, fazendo tal declaração! Esse Jesus a quem você tanto afirma amar, Ele agora fitando os seus olhos nos seus lhe diz isto! E toda aquela tormenta interior que tanto te aflige, agora ela está a se perder diante de uma afirmação como esta. Jesus é Senhor! Ele é o caminho, a verdade e a vida. (João 14.6)  Ele e o Pai são um só! (João 14.9-11)

Cristo já dizia que estaria indo para junto do Pai e que voltaria em breve, mas também disse que enviaria aos seus o Espírito da verdade, que o mundo não conhece e este mesmo é o que consola. (João 14.16, 17)

Sei que não é fácil enfrentarmos crises e pesares, mas devemos sempre nos lembrar: Quem foi que fez tal afirmação de que não viéssemos a nos inquietar e que nos enviaria o seu Espírito? Resposta: JESUS CRISTO! O único poderoso para nos socorrer em todo tempo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Alex Salustino

Alex Salustino
Cristão resgatado pelo precioso sangue de Cristo! Bibliotecário, blogueiro, músico, fotografo amador, graduando em marketing, proprietário da Alex Artes Gráficas. Sou o responsável por administrar o Pregando o Evangelho. Deus te abençoe!