11 de junho de 2012

O diabo sabe quem é Jesus


E alguns judeus, exorcistas ambulantes, tentaram invocar o nome do Senhor Jesus sobre possessos de espíritos malignos, dizendo: Esconjuro-vos por Jesus, a quem Paulo prega. Mas o espírito maligno lhes respondeu: Conheço a Jesus e sei quem é Paulo; mas vós, quem sois? (Atos 19.13, 15)

Em certa ocasião, Cristo passava pela província dos gadarenos e diz a palavra do Senhor que dos sepulcros lhe veio ao encontro um endemoninhado que trazia consigo uma legião de espíritos malignos, porque eram muitos espíritos e eles fizeram algumas afirmações: E eis que clamaram, dizendo: Que temos nós contigo, Jesus, Filho de Deus? Vieste aqui atormentar-nos antes do tempo? (Mateus 8.29)

Imagine que autoridade? Jesus causava incomodo àqueles espíritos, eles não podiam suportar a sua presença, mesmo que estivesse um pouco longe, a sua santidade lhes causava inquietações a ponto de proclamarem que Ele era Jesus, o filho de Deus. 

Nos dias atuais como anda a nossa fé? Como anda a nossa vida cristã? Como vai o nosso cristianismo? Vivo e ardente? Ou uma fagulha que está prestes a se apagar? Digo isto amados, porque parece que em muitas ocasiões, o diabo tem se destacado no quesito .

Tiago diz que até os demônios creem e tremem na presença de Deus! Pense bem! Até os demônios! Nossa fé muitas vezes vai cambaleando a ponto de as arestas do diabo irem se aglomerando e invadindo os espaços e consequentemente, vem as investidas dele, que em muitos casos acabam prevalecendo.

Algo bem interessante que o texto de Atos trata é acerca daqueles que foram tentar expulsar o espírito maligno, eles foram tão cheios de autoridade, achando que poderiam dar conta da expulsão de algo que "não tem poder" e que não representa nenhum perigo, que talvez seria inofensivo, mas se surpreenderam, porque primeiro: o diabo já sabe quem é Jesus, ele o conhece e outra mais: Quando se referiram a Paulo, que pregava acerca do Senhor, o espírito também já sabia quem era Paulo então, tudo pronto, agora era a vez do inimigo exercer a violência e por a turma pra correr.

E o possesso do espírito maligno saltou sobre eles, subjugando a todos, e, de tal modo prevaleceu contra eles, que, desnudos e feridos, fugiram daquela casa. (Atos 19.16)

Que consequência drástica e desmoralização da parte do diabo! E então, são realmente todos preparados para expulsar espíritos malignos? Talvez haja uma necessidade de reformular esta pergunta, permitam-me! Vamos lá! Estamos todos preparados para expulsar espíritos malignos de quem quer que seja?

Lembremos que quando Cristo foi sendo elevado aos céus após ter se apresentado a todos os quais antes lhes anunciara acerca sua subida, Ele disse que sinais seguiriam aqueles que cressem no evangelho: Em meu nome expulsarão os demônios; (Marcos 16.17b)

Mas, os que cressem, verdadeiramente somente estes. Não são todos que creem. O número daqueles que tem adentrado a igreja não representa a qualidade daqueles que realmente se comprometem com o evangelho do Senhor. É uma realidade totalmente triste, mas é verdadeira. Nós precisamos mudar, nós precisamos por a nossa face no pó, nos arrependermos com pranto, com gemidos, com o que quer que seja, mas precisamos o quanto antes voltar ao evangelho, não para fazer como o filme exorcista, cheio das coisas, não, não, mas para vivermos do evangelho e daí praticar o que nos fora designado por Cristo, acerca dos que cressem no evangelho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Alex Salustino

Alex Salustino
Cristão resgatado pelo precioso sangue de Cristo! Bibliotecário, blogueiro, músico, fotografo amador, graduando em marketing, proprietário da Alex Artes Gráficas. Sou o responsável por administrar o Pregando o Evangelho. Deus te abençoe!