28 de fevereiro de 2013

Ou Cristo ou o mundo


Texto base: Efésios 5

Nesses últimos dias estamos vendo todo tipo de torpezas. Para muitos tudo parece ser bastante natural, tendo em vista que os tempos são outros e ao invés de se acompanhar o que está escrito nas Sagradas Escrituras, mais vale manter comunhão com o padrão mundano. Viver a Palavra de Deus simplesmente por citações (o que acontece muito), não é viver a Palavra verdadeiramente.

Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados; (Vs. 1).

Se o resgate de Cristo para com as nossas vidas significa algo para nós, temos que por em prática a obediência quanto ao que o Senhor requer de nós. Isso de "Eu acho que tenho que obedecer" ou "Obedeço se eu quiser", não pode estar atrelado em nós e até pode, mas se não formos verdadeiros filhos de Deus, se formos ímpios; daí então, não tendo compromisso com Deus "tudo nos é permitido". Ou vivemos para Deus ou não vivemos para Ele.

Mas a impudicícia e toda sorte de impurezas ou cobiça nem sequer se nomeiem entre vós, como convém a santos; nem conversação torpe, nem palavras vãs ou chocarrices, coisas inconvenientes; antes, pelo contrário, ações de graças. Sabei, pois, isto: nenhum incontinente, ou impuro, ou avarento, que é idólatra, tem herança no reino de Cristo e de Deus. (Vs. 3-5)

Onde estão os sal da terra e os luz deste mundo? Estas responsabilidades foram designadas pelo Noivo (Cristo) para que a sua noiva (igreja) as cumpra. Atualmente o sal está insípido, parece que está doce, atraindo tudo que é "delícia carnal" e a luz, essa parece estar se extinguindo e cedendo lugar para as trevas.

Portanto, não sejais participantes com eles. (Vs. 7)

Coisas mundanas dizem respeito aos ímpios, porém se os ímpios se vestem de crentes e estão querendo liberar a carnalidade, então esta é outra situação e é claro que está tudo distorcido. O crente tem e deve se esmerar por ir adiante num objetivo: servir ao Senhor! Essa não é uma tarefa fácil, mas o que é melhor: Viver regaladamente na balbúrdia da vida pecaminosa e ir para o inferno, desfrutar do tormento eterno? Ou é melhor passar pelos sofrimentos desta vida, que não se comparam as coisas gloriosas do porvir?

Pois, outrora, éreis trevas, porém, agora, sois luz no Senhor; andai como filhos da luz (porque o fruto da luz consiste em toda bondade, e justiça, e verdade), provando sempre o que é agradável ao Senhor. E não sejais cúmplices nas obras infrutíferas das trevas; antes, porém, reprovai-as. Porque o que eles fazem em oculto, o só referir é vergonha. (Vs. 8-12)

Temos de ter cuidado para não nos embaraçarmos com os negócios desta vida. Vivemos num mundo onde o contrário a Palavra de Deus é sempre mais favorável e mais aceito. Mas não se contentando com o suficiente (JESUS CRISTO), muitos de nós (quem se diz igreja de Cristo) anda levianamente. Já ouviu aquela expressão: Cego em tiroteio? Pronto! Isso ilustra um pouco como falta discernimento na igreja atualmente. As mesmas modinhas do mundo infelizmente já adentraram e cada vez mais adentram a que antes se respeitava como: CASA DE ORAÇÃO.

Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, e sim como sábios, remindo o tempo, porque os dias são maus. Por esta razão, não vos torneis insensatos, mas procurai compreender qual a vontade do Senhor. E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito, falando entre vós com salmos, entoando e louvando de coração ao Senhor com hinos e cânticos espirituais, dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo. (Vs. 15-21)

Nossa maneira de caminhar nesta vida diz muito a nosso respeito, se servimos a Deus de fato ou se somos personagens de um teatro. Se nutrimos o pecado, vivemos de mãos dadas com ele e assim somos companheiros um do outro. Quando estamos no Espírito, nossas vidas só tem um sentido: andar com CRISTO e ansiar por fazer a sua vontade, que resultará numa busca verdadeira e profunda pela santidade ainda que esta seja uma árdua tarefa diária, mas este mesmo Espírito intercede por nós. Vivamos de tal maneira que possamos ser achados prudentes pelo Senhor e não como despercebidos.

Deus tenha misericórdia de nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Alex Salustino

Alex Salustino
Cristão resgatado pelo precioso sangue de Cristo! Bibliotecário, blogueiro, músico, fotografo amador, graduando em marketing, proprietário da Alex Artes Gráficas. Sou o responsável por administrar o Pregando o Evangelho. Deus te abençoe!