29 de abril de 2015

Antes do fim


Nos dias atuais tratar sobre o fim dos tempos parece não ser mais essencial. As pessoas estão preocupadas com o aqui e o agora, não há tempo para pensar em "histórias" de fim dos tempos. Mas a realidade é bem diferente do que se pensa. A Palavra de Deus já nos adverte há tempo sobre o fim de tudo. Todavia, para os que tem esperança em Cristo, o fim não é o término de tudo, mas representa a nova vida em eternidade com ele.

Lucas 11 nos traz lições gloriosas sobre o que ocorre antes e como será a vinda de Cristo. Primeiro:

Perguntaram-lhe: Mestre, quando sucederá isto? E que sinal haverá de quando estas coisas estiverem para se cumprir? (vs. 7)

A pergunta acima feita pelos discípulos está ligada ao que o Jesus mencionara antes nos versículos 5 e 6 sobre a destruição do templo. Adiante Jesus expande mais sobre os acontecimentos futuros na terra.

Respondeu ele: Vede que não sejais enganados; porque muitos virão em meu nome, dizendo: Sou eu! E também: Chegou a hora! Não os sigais. (vs. 8)

Já vivemos tais coisas em nossos dias? É claro que sim. Como nos dias antigos, falsos profetas tem se levantado e proferido enganação mundo a fora, tentando entreter multidões com discursos deturpados sobre as Escrituras. As pessoas caem porque não estão munidas com a Palavra de Deus, não estão bem alimentadas da mesma, para elas é mais fácil ouvir sobre prosperidade, curas e milagres, mas não ouvir falar sobre a realidade do céu, inferno e arrependimento.

Atualmente muitos cristãos estão atentos a movimentos, a shows a diversos tipos de coisas menos a pregação do genuíno evangelho. Muitos pastores tem lutado com a força que Deus lhes concede para manter o rebanho firme na igreja, para ver as igrejas com vidas que realmente tenham um compromisso fiel com Jesus Cristo. A juventude também tem sido bombardeada com tantos movimentos trazidos por cantores e falsos pastores que discursam podridão, seja em canções ou pregações.

Quando ouvirdes falar de guerras e revoluções, não vos assusteis; pois é necessário que primeiro aconteçam estas coisas, mas o fim não será logo. (vs.9)

Pois é necessário que primeiro aconteçam estas coisas, mas o fim não será logo. Logo não há como escapar de tais acontecimentos. O fim vem e é inevitável.

Nos versículos adiante Jesus vai falar sobre nação contra nação, terremotos, epidemias, fome, perseguição aos cristãos e do ódio que muitos tem pelo seu povo. De todos os acontecimentos todos são difíceis e dolorosos, mas podemos descansar no que ele diz:

Contudo, não se perderá um só fio de cabelo da vossa cabeça. É na vossa perseverança que ganhareis a vossa alma. (vs. 18, 19)

Mas não para por aí. Mais adiante Jesus trata da vinda do Filho do Homem. Será um acontecimento maravilhoso, que jamais haverá igual. É o momento onde:

Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas; sobre a terra, angústia entre as nações em perplexidade por causa do bramido do mar e das ondas; haverá homens que desmaiarão de terror pela expectativa das coisas que sobrevirão ao mundo; pois os poderes dos céus serão abalados. Então, se verá o Filho do Homem vindo numa nuvem, com poder e grande glória. Ora, ao começarem estas coisas a suceder, exultai e erguei a vossa cabeça; porque a vossa redenção se aproxima. (vs. 25 - 28)

Diante das dificuldades antes do fim, a vinda de Cristo nos conforta em nossas aflições. Não são as nossas situações atuais que definem o curso da nossa vida, mas se verdadeiramente estamos em Cristo, firmados em sua Palavra, os pesares não poderão nos abalar e nos fazer retroceder, porque a mão de Deus está sobre nós, nos conduzindo e nos envolvendo com o seu amor.

Importante é saber também que a vida com Cristo não nos permite estar desatentos, irresponsáveis com o testemunho e o compromisso na fé. Pelo contrário, se requer vigilância em todo tempo.

Vigiai, pois, a todo tempo, orando, para que possais escapar de todas estas coisas que têm de suceder e estar em pé na presença do Filho do Homem. (vs. 36)

Roguemos a Deus que tenha misericórdia de nós, que nos ajude a vivermos uma vida de santidade e que os nossos pés estejam firmados no evangelho. Que não nos deixemos envolver com falsas doutrinas e bagunças em nome da Bíblia, seja vindo de quem for. Somente a Palavra de Deus é e deve ser a nossa regra de fé e prática.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Alex Salustino

Alex Salustino
Cristão resgatado pelo precioso sangue de Cristo! Bibliotecário, blogueiro, músico, fotografo amador, graduando em marketing, proprietário da Alex Artes Gráficas. Sou o responsável por administrar o Pregando o Evangelho. Deus te abençoe!